Inline
domingo, agosto 18#SoumaisoPolêmico

Advogado teixeirense é detido pela PRF por estar conduzindo veículo com indícios de adulteração

Linhares: Policiais da Rodoviária Federal – PRF, do Posto de fiscalização instalado no município de Linhares/ES, abordaram nesta quinta-feira (07), na altura do Km 152 da BR 101, um veículo de modelo VW/JETTA, de cor branca, ostentando placa policial OZL 2405, que, estava sendo conduzido por um advogado de Teixeira de Freitas/BA, identificado como André da Silva Fernandes. Após os policiais fazerem uma vistoria no veículo, foi constatado indícios de adulteração nos elementos identificadores do veículo.

Diante dos fortes indícios de “Adulteração de Sinal Identificador de Veículo Automotor”, os PRFs, conduziram o condutor André, e o veículo para a Delegacia Territorial de Linhares, onde foi apresentado à delegada, Ivina Queiroz de Oliveira, que após realizar as oitivas, lavrou um Termo Circunstanciado – TCO, por receptação, devendo o advogado responder em liberdade pelo ato, na Justiça Capixaba. O veículo foi apreendido e encaminhado para Perícia Técnica para que seja devidamente identificado.

A perícia poderá determinar se realmente há adulteração, qual a origem do veículo, identificando o seu cadastro original, bem como, do possível veículo montado sob o carro apreendido. O Liberdade New esteve no escritório do Advogado André Fernandes, que se encontrava fechado, tendo informações que o mesmo ainda se encontra no Estado do Espirito Santo. Fizemos contato com ele por telefone, que reportou à nossa equipe, usando o seu direito de defesa referente ao ocorrido.

Segundo o advogado, ele foi abordado pela PRF, a qual solicitou o documento do veículo, e em nenhum momento eles falaram que havia denúncia sobre o carro. Ao verificar a documentação e o veículo, identificaram possíveis sinais de adulteração. O acusado alega que comprou o veículo de boa-fé, e que está tranquilo em relação aos fatos, e esclarece que não existe qualquer situação ou mesmo conhecimento que ele tenha praticado alguma conduta criminosa. “Simplesmente comprei o veículo com valor de tabela Fipe”, disse o advogado.

Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *