Inline
quarta-feira, dezembro 12#SoumaisoPolêmico

Após corrida de jegue, homem atira em desafeto, entra em confronto com a PETO e morre

Medeiros Neto: Um indivíduo que havia atirado em um homem, após discussão em um evento denominado “7ª Corrida de Jegue”, acabou morrendo em confronto com a PETO da 44ª CIPM. Segundo informações, a guarnição foi atender a um chamado de populares, que informavam que um indivíduo havia efetuado um disparo de arma de fogo e atingido um homem que estava no referido evento.

O caso aconteceu no distrito de Santa Luzia do Norte (Patioba), e o homem atingido teria sido levado ao Hospital Municipal de Medeiros Neto. A guarnição se deslocou até o Hospital e conversou com a vítima, identificada como Leomar Alves Jesus, o qual informou que, após uma partida de sinuca, ele tentou apaziguar uma discussão banal envolvendo um homem, que estava armado.

No meio da confusão, o indivíduo, identificado como sendo, Reinan de Sá Polbeu, efetuou um disparo contra o joelho esquerdo de Leomar, que, mesmo ferido, ainda chegou a tomar a arma do agressor, mas, logo em seguida, devolveu a arma e pediu para que ele fosse embora. A guarnição seguiu no encalço do suspeito, que teria partido em direção à BA 290, sentido à cidade de Itanhém.

Os policiais seguiram na direção à Itanhém e localizaram o Reinan, que estava a bordo de uma motocicleta. Ao receber a ordem de parada, ele desceu da moto, sacou um revólver calibre 38 e começou a atirar contra a guarnição. Os Militares revidaram à injusta agressão, e atingiram o Reinan, que foi imediatamente socorrido ao Hospital Municipal de Medeiros Neto, onde recebeu os primeiros atendimentos, porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O delegado do Plantão Regional, Bruno Ferrari, recebeu o caso e autorizou a remoção do corpo ao IML.

O corpo de Reinan foi encaminhado ao IML de Teixeira de Freitas, onde passará por necropsia, e, posteriormente, foi liberado aos familiares. Segundo informações da polícia, o Reinan era investigado por crime de tráfico de drogas em Itanhém, e possuía histórico de agressões e envolvimento com furto de gado na região. O delegado Bruno Ferrari instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do auto de resistência e encaminhará o procedimento à Delegacia Territorial de Medeiros Neto.

Por: LN

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *