Inline
sexta-feira, setembro 21#SoumaisoPolêmico

Carregamento de drogas é entregue via Correios em Teixeira e PETO conduz mãe e dois filhos

Teixeira de Freitas: Na última quarta-feira, 08 de agosto, policiais militares do PETO receberam uma denúncia anônima, informando que um carregamento de drogas havia acabado de chegar em uma residência, localizada na Rua E, no Residencial Ramalho, em Teixeira de Freitas e entregue a uma mulher de prenome Valdirene. A guarnição se deslocou imediatamente para o local. Ao chegar no endereço, a guarnição foi recebida pela proprietária do imóvel e sua filha, que autorizaram a entrada da guarnição para averiguação da denúncia. Os militares do PETO fizeram buscas e encontraram uma caixa com etiqueta dos Correios e um nota, que apontou que a encomenda foi entregue via Sedex pelos Correios.

Dentro da caixa foram encontradas 05 vasilhames de plástico com rótulos de doces, e no interior dos vasilhames, tabletes de maconha. Confirmando a denúncia recebida, os militares então detiveram a proprietária do imóvel identificada como Valdirene Martins Amorim, 43 anos de idade e sua filha Ilurian Jennifer Amorim de Castro, 23 anos de idade. Os militares verificaram o endereço de entrega da caixa, e na etiqueta apontava um endereço no Bairro Castelinho, e para verificarem a existência de mais drogas, a guarnição seguiu para a Rua Pau Sangue, endereço de Ilurian, onde foi entregue pelos Correios a caixa com as drogas, que foi enviada de Guarulhos/SP.

No local, os militares encontraram Ismael Michael Amorim de Castro, 21 anos de idade, filho de Valdirene, e que relatou aos militares que foi ele quem recebeu a caixa. Ismael também foi detido e todos os citados foram conduzidos para a sede da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado plantonista, Charlton Fraga. Na delegacia, para nossa reportagem, Ismael relatou que recebeu a caixa e que seria o responsável pela droga. Já Ilurian disse que sabia da caixa e levou para a casa da sua mãe, mas achava que era outro tipo de produto, já Valdirene não quis comentar o caso.

Valdirene é mãe de Israel Amorim de Castro, que cumpre pena no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF) após ter matado a tiro a sua companheira Tayara Santos Monteiro, de 18 anos de idade, crime ocorrido no dia 13 de agosto de 2017. A suspeita da Polícia é que Israel tenha ligação com as drogas recebidas pelos irmãos e entregues à mãe. A droga foi pesada na Delegacia e todos os tabletes somaram 5,086 kg (cinco kilos e oitenta gramas). O delegado recebeu o caso, ouviu os militares que detalharam a ação, da denúncia até a localização das drogas, e logo após o delegado iniciou a oitiva dos suspeitos.

Acompanhados de uma advogada de defesa eles foram ouvidos e por fim o delegado liberou todos os conduzidos. Os mais de 5 kg de maconha foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o caso deverá seguir para o N.H.T da Polícia Civil.

Por: LN

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *