Inline
terça-feira, julho 16#SoumaisoPolêmico

Política

Conselho de ética da Câmara pode abrir processo contra Maria do Rosário

Conselho de ética da Câmara pode abrir processo contra Maria do Rosário

Política
A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) poderá ser alvo de um processo aberto pelo Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar. O colegiado se reunirá nesta quarta (10) para deliberar sobre o pedido, feito pelo PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. A acusação é de que a parlamentar teria desrespeitado o deputado Julian Lemos (PSL-PB), durante uma audiência pública na Casa com o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A cena, registrada em um vídeo que circulou nas redes sociais, mostra Rosário conversando com colegas e caminhando em direção a um grupo de deputados do PSL no Plenário. No trajeto, ela esbarra em alguns deles e, posteriormente, empurra Julian Lemos e o também Delegado Éder Mauro (PSD). O fato aconteceu no dia 15 de junho dest
Rodrigo Maia: “Previdência será uma vitória do Congresso, e não do Planalto”

Rodrigo Maia: “Previdência será uma vitória do Congresso, e não do Planalto”

Política
Últimas Rodrigo Maia: “Previdência será uma vitória do Congresso, e não do Planalto” Publicado 10 horas atrásem 08.07.2019 Por Marcos Rocha Cleia Viana | Câmara dos Deputados Nesta segunda-feira (8), o presidente Rodrigo Maia (Câmara dos Deputados) declarou que a aprovação da reforma da Previdência será uma vitória construída pelo Parlamento, e não pelo governo federal. De acordo com o parlamentar, a Câmara já possui os 308 votos necessários para aprovar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) e caminha para ter mais votos até a votação em primeiro turno, prevista para terça-feira (9). “A construção do texto foi uma vitória parlamentar, e a construção da vitória, se ela acontecer, será uma construção do Parlamento, não será uma c
Com avanço da direita, PT deve fazer alianças inéditas para eleições de 2020

Com avanço da direita, PT deve fazer alianças inéditas para eleições de 2020

Política
Franco Serrano | SIMI Com o avanço das forças de direita no cenário político nacional, os partidos de esquerda que fazem oposição ao presidente Jair Bolsonaro planejam alianças inéditas para as eleições municipais de 2020. Pela primeira vez na história, o PT deve apoiar em primeiro turno candidatos do PSOL em disputas importantes. Já são dadas como certas adesões dos petistas às candidaturas de Marcelo Freixo (Rio) e Edmilson Rodrigues (Belém). O PSOL foi fundado em 2004 por deputados que haviam sido expulsos do PT. Desde lá, o Partido dos Trabalhadores sempre priorizou candidaturas próprias. “Está bem encaminhado para apoiar o Freixo, só não digo que há consenso porque no PT não existe consenso. Mas uma ampla maioria caminha nesse sentido”, afirmou Alberto Cantal
Rodrigo Maia sai em defesa do The Intercept

Rodrigo Maia sai em defesa do The Intercept

Política
“Não é crime”, explicou o presidente da Câmara dos Deputados. Novas mensagens entre procuradores foram reveladas nesta sexta-feira (05). Nesta sexta-feira (5), o presidente Rodrigo Maia (Câmara dos Deputados) defendeu a publicação dos supostos diálogos atribuídos a membros da Lava Jato. Em entrevista ao Pânico, rádio Jovem Pan, Maia saiu em defesa do The Intercept e afirmou que não pode haver “dois pesos e duas medidas”. “Quando é para beneficiar um lado, é bacana, mas quando é para beneficiar outro lado, aí não pode? Um vazamento de um documento sigiloso que foi entregue por um agente público a um jornalista é pior do que um hacker vazar uma informação?”, questionou. A afirmação do parlamentar diz respeito ao Wikileaks, organização que publica postagens de fontes anônimas e que em 2
Kajuru diz que pode renunciar

Kajuru diz que pode renunciar

Política
A informação foi divulgada pelo Twitter oficial do senador. Jorge Kajuru disse hoje, em seu perfil no Twitter, que pode renunciar ao mandato de senador por Goiás. Ele deixou recentemente o PSB, após divergências com a direção da legenda por sua posição favorável ao decreto das armas. O parlamentar aproveitou a situação para pedir desculpas, por ter usado palavra de baixo nível em entrevista nesta última quinta-feira, 4. “Quando erro, volto atrás rápido. Peço desculpas pela palavra de baixo nível que usei. É que ser covardemente injustiçado dói demais […]“ “Não preciso disso e parece não valer a pena, pois não há reconhecimento”, tuitou o senador. E finalizou dizendo: “De hoje até segunda, concluo se o melhor é renunciar mesmo.”
Justiça ordena que Ciro Gomes responda processo por difamação

Justiça ordena que Ciro Gomes responda processo por difamação

Política
Adriano Machado - Reuters Nesta última quarta-feira (3), a 3ª Turma do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios determinou que Ciro Gomes (PDT) responda a um processo por difamação contra o governador João Doria (São Paulo). O caso aconteceu em março de 2017. Na ocasião, Ciro afirmou que o então prefeito de São Paulo seria um “farsante” e que “enriqueceu fortemente com dinheiro público”. Após isso, o tucano processou o pedetista por calúnia e difamação. Na primeira instância o pedido foi rejeitado. Doria recorreu e alegou que aquela não era a primeira vez que o ex-governador do Ceará o ofendia. A 3ª Turma, então, descartou o processo de calúnia, mas aceitou o de difamação pela fala de Ciro Gomes de que Doria enriqueceu com dinheiro público.
Moro é chamado de “ladrão” por deputado do PSOL e audiência na Câmara é encerrada

Moro é chamado de “ladrão” por deputado do PSOL e audiência na Câmara é encerrada

Política
Moro é chamado de “ladrão” por deputado do PSOL e audiência na Câmara é encerrada Valter Campanato | Agência Brasil A audiência que reunia três comissões da Câmara dos Deputados para ouvir o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) foi encerrada na noite desta terça-feira (2) após uma confusão generalizada entre deputados. A discussão aconteceu após mais de 8 horas de depoimento, quando o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) afirmou que Moro seria um “juiz ladrão”. No mesmo momento, inúmeros parlamentares da base do governo se levantaram e foram para cima do deputado. Em meio ao tumulto, o ministro saiu pela porta lateral da comissão. A deputada Marcivania declarou encerrada a audiência. Moro deixou a sala da CCJ sob escolta de agentes.
Teixeira de Freitas: Caio nega ida para o PSD

Teixeira de Freitas: Caio nega ida para o PSD

Política
O pré-candidato a prefeito de Teixeira de Freitas, Caio Checon (SDD) manteve contato com blog para comentar sobre sua possível ida para o PSD: “ Eu fui convidado pelo deputado Paulo Magalhães, estive em Salvador na convenção do partido, mas meu compromisso é com o deputado Cajado (PP), não estou a procura de partido”, declarou Caio. Questionado se o caminho natural seria o PP, ele comentou: “ Não tem nada definido ainda, posso até mesmo continuar no meu partido Solidariedade, que sempre me deu apoio. A expectativa é que terei uma conversa com o vice-governador João Leão para tratar sobre o PP”, declarou Caio.
Glenn Greenwald publica supostas mensagens da Lava Jato com “erro de edição” e datas incorretas

Glenn Greenwald publica supostas mensagens da Lava Jato com “erro de edição” e datas incorretas

Política
Nesta sexta-feira, o The Intercept divulgou novos conteúdos sobre supostas conversas atribuídas a procuradores do Ministério Público Federal a respeito do então juiz da Lava Jato Sergio Moro, que atualmente ocupa a função de ministro da Justiça e Segurança Pública. Em seu Twitter, Glenn publicou uma prévia das próximas mensagens que seriam divulgadas pelo Intercept. No entanto, no print publicado em sua página (confira o arquivo salvo aqui), uma frase é atribuída ao procurador Ângelo Goulart Vilella, representante do MPF que chegou a ser preso em 2017. Algum tempo depois, Glenn excluiu a publicação e fez um novo tweet alterando o nome do procurador para Ângelo Augusto Costa. Questionado pelos seguidores, Glenn declarou que a alteração nos nomes “foi um erro de edição apanhado pel
“Hoje estamos cumprindo uma das principais promessas do PR Bolsonaro”

“Hoje estamos cumprindo uma das principais promessas do PR Bolsonaro”

Política
De acordo com Martins, este é o maior acordo comercial entre blocos econômicos de todos os tempos. Publicado 16 horas atrásem 28.06.2019 Por Raul Holderf Nascimento Divulgação | PR O assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Filipe Martins,comemorou o acordo comercial firmado nesta sexta-feira, 28, entre o Mercosul e União Europeia (UE). O acordo entre os blocos tem sido visto pelos membros do governo como uma vitória da diplomacia brasileira e como um cumprimento de promessa do presidente. Por meio do Twitter, Filipe Martins escreveu: “Deixamos claro hoje que a política de abertura comercial do Governo Bolsonaro é pra valer. Os parceiros do Mercosul e da União Européia reconhecem que a postura