Inline
terça-feira, julho 7#SoumaisoPolêmico

Política

Governo já pagou quase R$ 88 bilhões de auxílio emergencial

Governo já pagou quase R$ 88 bilhões de auxílio emergencial

Manchete, Política
Calendário da terceira parcela ainda não foi divulgado Publicado em 24/06/2020 - 20:09 Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil - Brasília Em balanço, o Ministério da Cidadania informou que o governo federal já creditou R$ 87,8 bilhões para os beneficiários do auxílio emergencial, que somam 64,1 milhões de pessoas. A terceira parcela do benefício só começou a ser paga aos integrantes do Bolsa Família que se inscreveram para receber o auxílio – cerca de 19 milhões de pessoas. Esse grupo continua recebendo em um calendário de pagamentos que termina no próximo dia 30. Já o calendário de pagamento para os demais grupos ainda não foi informado pela Caixa Econômica Federal, responsável pela operacionalização do programa. Aprovado em abril, o auxílio é um
Medidas do BC liberam até R$ 255,5 bilhões em crédito

Medidas do BC liberam até R$ 255,5 bilhões em crédito

Manchete, Política
Imóveis poderão ser usados como garantia em mais de um empréstimo Os bancos ganharam um incentivo para destravar o crédito a micro, pequenas e médias empresas. O Banco Central (BC) facilitará o empréstimo para companhias com faturamento anual de até R$ 100 milhões. A medida integra um novo pacote de enfrentamento à crise provocada pelo coronavírus, que tem o potencial de liberar até R$ 255,5 bilhões em crédito para a economia. Somente o destravamento do crédito de capital de giro pode injetar até R$ 127 bilhões. A medida vale para operações do tipo contratadas entre 29 de junho e 31 de dezembro. O BC aceitou melhorar a qualidade de ativos decorrentes de diferenças temporárias usadas para melhorar os requerimentos mínimos de capitais que devem ficar retidos desde que os ba
Senado aprova adiamento das eleições para 15 de novembro

Senado aprova adiamento das eleições para 15 de novembro

Manchete, Política
Proposta segue agora para aprovação na Câmara dos Deputados Publicado em 23/06/2020 - 20:49 Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil - Brasília O Senado aprovou, na sessão de hoje (23), o adiamento do primeiro turno das eleições municipais de 4 de outubro para o dia 15 de novembro. Assim, a data do segundo turno passa para o dia 29 de novembro. O adiamento das eleições em seis semanas se dá em virtude do cenário epidemiológico do novo coronavírus (covid-19) no Brasil e a consequente necessidade de se evitar aglomerações. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sobre o tema foi votada em dois turnos na sessão desta terça-feira e agora segue para Câmara dos Deputados. Por se tratar de uma PEC, são necessários três quintos de votos favoráveis em dois turno
“Brasil, mostra tua cara” PSC, DEM, PT e PSOL aparecem em relatório do Coaf.

“Brasil, mostra tua cara” PSC, DEM, PT e PSOL aparecem em relatório do Coaf.

Manchete, Política
ALERJ um país das maravilhas O documento do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) que indicou uma movimentação financeira atípica do ex-assessor e ex-motorista do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL), filho de Jair Bolsonaro e senador eleito, menciona também transações suspeitas de auxiliares de outros 20 deputados da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). A informação é do jornal Folha de S.Paulo. Assessores de parlamentares de partidos como PSC, PT e PSOL são citados no relatório. Entre os nomes citados, aparecem auxiliares de Márcio Pacheco (PSC), Eliomar Coelho (PSOL) e André Ceciliano (PT). O relatório do Coaf foi produzido no âmbito da operação Furna da Onça, para investigar movimentações atípicas nas contas de nomes ligados à Alerj. As irregul
Saiba como doar parte do Imposto de Renda a projetos sociais

Saiba como doar parte do Imposto de Renda a projetos sociais

Manchete, Política
A partir deste ano, doações para idosos podem ser feitas na declaração Share on WhatsApp Share on Facebook Share on Twitter Publicado em 19/04/2020 - 13:25 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - Brasília Usar uma das principais obrigações anuais do brasileiro para fazer o bem. É assim que o contribuinte pode destinar parte do imposto de renda a projetos sociais. A opção está disponível no próprio programa da declaração anual, que permite a doação de até 6% do imposto devido ou da restituição. O prazo para entrega da declaração do imposto de renda foi prorrogado para 30 de junho. Neste ano, a Receita Federal criou uma novidade. O contribuinte poderá doar, diretamente na declaração, recursos para fundos controlados por conselhos municipais, es
Saiba como cada estado está retomando as atividades econômicas no país

Saiba como cada estado está retomando as atividades econômicas no país

Manchete, Política
No Brasil, cerca de três meses após o início da adoção de medidas de isolamento e restrições de circulação e de funcionamento do comércio adotadas pelos estado e o pelo Distrito Federal, a maior parte das unidades da federação, de acordo com levantamento feito pela Agência Brasil, começam a afrouxar as regras ou a pelo menos definir planos para a retomada gradual das atividades econômicas, mantendo medidas de isolamento social. Pelo menos 17 estados e o Distrito Federal publicaram medidas que permitem a flexibilização das normas que foram adotadas inicialmente, discutindo com prefeituras uma retomada gradual, dependendo da situação de cada região. Em pelo menos 14 unidades da federação, essas medidas estão em vigor. Seis estados estão discutindo, mas ainda não têm planos de retomada ofi
Aneel prorroga até 31 de julho proibição de corte de energia elétrica

Aneel prorroga até 31 de julho proibição de corte de energia elétrica

Manchete, Política
Medida perderia a validade na próxima semana A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prorrogou até o fim de julho a proibição do corte de energia elétrica dos consumidores inadimplentes residenciais urbanos e rurais. A proibição do corte de energia por 90 dias foi aprovada pela agência no fim de março, com validade também para os serviços considerados essenciais no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Com a decisão desta segunda-feira (15), a medida, que perderia validade na próxima semana, ficará em vigor até o dia 31 de julho. Ao justificar a prorrogação, a diretora da Aneel Elisa Bastos Silva, relatora do processo, argumentou que, na maior parte dos estados, continuam as ações de isolamento social e de restrição à circulação e aglomeração de pessoas para e
Doria firma acordo para produção de vacina contra covid-19 com laboratório chinês envolvido em escândalo de corrupção

Doria firma acordo para produção de vacina contra covid-19 com laboratório chinês envolvido em escândalo de corrupção

Manchete, Política
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou, na quinta-feira (11), que o Instituto Butantan será parceiro do laboratório chinês Sinovac Biotech, para a produção de uma vacina contra o coronavírus chinês. O acordo causou polêmica nas redes sociais, pois a empresa esteve envolvida em escândalos de suborno e corrupção. Além disso, a Sinovac Biotech é ligada ao governo comunista chinês do ditador Xi Jinping; a empresa é afiliada do estatal Grupo Farmacêutico Nacional da China. Isso levanta mais preocupações, devido à falta de transparência do governo chinês quanto à origem do vírus e da pandemia e ao “desaparecimento” de jornalistas e mortes suspeitas de médicos jovens que denunciaram a pandemia ou foram censurados. Escândalos de suborno e corrupção Segundo informações document
Alcolumbre devolve ao Planalto MP que permitia nomeação de reitores temporários

Alcolumbre devolve ao Planalto MP que permitia nomeação de reitores temporários

Manchete, Política
Reprodução O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), anunciou em sua conta no Twitter nesta sexta-feira que devolveu ao governo do presidente Jair Bolsonaro a medida provisória que permitia a nomeação de reitores temporários para universidades federais por entender que viola princípios constitucionais. “Acabo de assinar o expediente de devolução da MP 979, que trata da designação de reitores, por violação aos princípios constitucionais da autonomia e da gestão democrática das universidades”, disse Alcolumbre em sua conta no Twitter. “Cabe a mim, como presidente do Congresso Nacional, não deixar tramitar proposições que violem a Constituição Federal. O Parlamento permanece vigilante na defesa das instituições e no avanço da ciência”,
Na contra mão de Teixeira de Freitas, Câmara de Eunápolis revoga decreto que atinge professores durante a pandemia

Na contra mão de Teixeira de Freitas, Câmara de Eunápolis revoga decreto que atinge professores durante a pandemia

Extremo Sul, Manchete, Política
Por 14 votos, a Câmara de Vereadores de Eunápolis derrubou, em sessão extraordinária, nesta quarta-feira, 10, o decreto do poder Executivo que retirou benefícios de professores e suspendeu os contratos temporários de mais de 350 trabalhadores da Educação “para reduzir as despesas com a folha de pagamento, devido aos prejuízos na arrecadação, provocados pela pandemia do coronavírus”. O decreto atingiu quase 3 mil pessoas, todos lotados na Secretaria de Educação, com a suspensão dos contratos, sem comunicado anterior e com efeito retroativo a 4 de abril o que gerou, segundo o vereador Jurandi Leite (Cidadania) um impacto imensurável a trabalhadores que dependem exclusivamente desse salário para manter suas famílias. Os vereadores consideram inconstitucional o corte dos vencimentos