Inline
quarta-feira, março 20#SoumaisoPolêmico

Política

‘Faça concurso para juiz’, diz Moro após ser questionado por advogado

‘Faça concurso para juiz’, diz Moro após ser questionado por advogado

Política
Sérgio Moro e advogado de Antonio Palocci discutiram nesta segunda (6). Debate ocorreu em meio à audiência referente à 35ª fase da Lava Jato. O advogado José Roberto Batochio, que defende o ex-ministro Antonio Palocci, e o juiz federal Sérgio Moro discutiram durante audiência do processo da 35ª fase da Operação Lava Jato nesta segunda-feira (6). Assista ao vídeo. Batochio questionou uma pergunta feita pelo juiz a uma testemunha. Em resposta, Moro disse para o advogado fazer concurso para juiz. “O doutor faça concurso para juiz e assuma a condução da audiência, mas, quem manda na audiência é o juiz”, disse.   OPERAÇÃO OMERTÀ Palocci é preso na 35ª fase da Lava Jato Esta ação penal apura a relação entre o Grupo Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci. Segundo o Mini
TSE ouve mais três delatores da Odebrecht na ação contra Temer e Dilma

TSE ouve mais três delatores da Odebrecht na ação contra Temer e Dilma

Política
Foram à Corte os ex-diretores Cláudio Melo Filho, Alexandrino de Alencar e Hilberto Mascarenhas; na semana passada, depuseram Marcelo Odebrecht e outros dois ex-executivos. ibunal Superior Eleitoral ouviu nesta segunda-feira (6) depoimentos de mais três delatores da Odebrecht dentro da ação que investiga a campanha eleitoral de 2014 da chapa formada pelo presidente Michel Temer e pela ex-presidente Dilma Rousseff. Foram à sede do tribunal, em Brasília os ex-executivos Cláudio Melo Filho, ex-diretor da Odebrecht; Hilberto Mascarenhas, ex-executivo que comandava um setor voltado para o pagamento de propina; e Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, que ocupou a diretoria de Relações Institucionais da Odebrecht. O primeiro a depor foi Mascarenhas, cujo depoime
Juiz nega pedido de videoconferência e Lula vai depor pessoalmente em Brasília

Juiz nega pedido de videoconferência e Lula vai depor pessoalmente em Brasília

Política
Juiz nega pedido de videoconferência e Lula vai depor pessoalmente em Brasília Ex-presidente irá falar em processo sobre suposta obstrução da Lava-Jato POR ANDRÉ DE SOUZA 06/03/2017 17:47 / atualizado 06/03/2017 18:04 O ex-presidente Lula participa de missa de sétimo dia de sua esposa, Marisa Leticia - Edilson Dantas /  BRASÍLIA — O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para depor por meio de videoconferência em um processo que apura se ele tentou atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato. Com isso, Lula terá que comparecer pessoalmente na Justiça Federal na terça-feira da próxima semana. O ex-presidente queria depor de São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo,
São tantos… PCdoB, PP, PRB, PROS e PDT, mas o veneno do “Moro” vem matando aos poucos.

São tantos… PCdoB, PP, PRB, PROS e PDT, mas o veneno do “Moro” vem matando aos poucos.

Manchete, Política
BRASÍLIA — Os depoimentos de três ex-dirigentes da Odebrecht ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelaram que o PT teria garantido apoio de partidos à chapa Dilma-Temer em 2014 às custas de dinheiro doado por caixa 2 pela empreiteira. No que pode se tornar uma espécie de novo mensalão, os delatores contaram que pelo menos o pagamento a um desses partidos, o PDT, foi intermediado pelo ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Além do PDT, O GLOBO confirmou que os depoentes relataram repasses ao PROS. O “Jornal Nacional” citou ainda o PCdoB, PP e PRB, legendas que garantiram à chapa Dilma-Temer tempo maior no horário eleitoral gratuito de TV e rádio. De acordo com as investigações da Lava-Jato, o total destinado pela Odebrecht a esses partidos chegou a cerca de R$ 30 milhões. PDT TERIA R
Mais uma pra “conta” da Dilma… PDT

Mais uma pra “conta” da Dilma… PDT

Política
O ex-diretor da Odebrecht, Fernando Cunha Reis, afirmou em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que foram pagos R$ 4 milhões ao PDT para que o partido apoiasse a chapa presidencial de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014. O depoimento foi prestado ao ministro Herman Benjamin e o conteúdo está sob sigilo. A versão só será divulgada pelo TSE após o Supremo Tribunal Federal (STF) liberar o conteúdo das 77 delações de ex-executivos da Odebrecht. A ação, que foi aberta a pedido do PSDB contra a chapa, pode levar à perda de mandato do presidente Michel Temer. De acordo com relatos feitos ao Estadão, Cunha Reis detalhou que o pagamento foi realizado em quatro parcelas, duas em agosto e uma em setembro de 2014, pago em espécie no escritório do tesoureiro do PDT, Marcelo Panela. O ex-di
“Brasil” comprou as olimpíadas! Diz jornal Le Monde.

“Brasil” comprou as olimpíadas! Diz jornal Le Monde.

Manchete, Política
A escolha do Rio de Janeiro como cidade-sede da Olimpíada de 2016 foi comprada. A informação é do jornal francês Le Monde, segundo o qual três dias antes da eleição de 2 de outubro de 2009 uma empresa ligada ao empresário Arthur Cesar de Menezes Soares Filho pagou US$ 1,5 milhão (R$ 4,7 milhões de reais) a Papa Diack, filho de Lamine Diack - na época, presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). O caso tem sido investigado desde dezembro de 2015. Na ocasião da votação, uma empresa fundada por Papa Diack recebeu a quantia da Matlock Capital Group, holding sediada nas Ilhas Virgens Britânicas, ligadas a Soares Filho. Uma segunda transferência oriunda da mesma empresa, mas no valor de US$ 500 mil, beneficiou uma co
E agora…? Quem poderá nos ajudar?

E agora…? Quem poderá nos ajudar?

Direitos e Deveres, Manchete, Política
corrupção: deterioração, decomposição física de algo; putrefação; 2.modificação, adulteração das características originais de algo. O Brasil chegou ao fim de 2011 como a sexta maior economia do mundo, ultrapassando a Inglaterra. Até 2015, de acordo com as projeções mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI), o PIB brasileiro deverá também superar o da França, tornando-se então o quinto maior do mundo. No entanto ainda serão necessárias décadas até que o país possa alcançar um padrão de vida similar ao das nações desenvolvidas. No ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o Brasil ocupa apenas a 84ª posição.  Num ranking da ONU sobre a qualidade do ensino, o Brasil ocupa o 88º lugar. Apenas 10% dos municípios contam com leitos de UTI. Cerca de 11 milhões de brasil
Marcelo Odebrecht, doações e o TSE são os maiores desafios de Temer

Marcelo Odebrecht, doações e o TSE são os maiores desafios de Temer

Manchete, Política
O depoimento do empreiteiro Marcelo Odebrecht no processo que julga a legalidade da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é a maior dificuldade que o presidente Michel Temer enfrenta até agora para permanecer no cargo até o final de seu mandato. Ao longo de quatro horas, Marcelo confirmou boa parte das denúncias que constavam da delação premiada do executivo Cláudio Mello Filho da Operação Lava Jato e foi além. Segundo os relatos, ele afirmou que quatro quintos dos R$ 150 milhões destinados à campanha de 2014 foram doados por meio de caixa dois. Marcelo disse ainda que R$ 50 milhões desse total foram contrapartida pela aprovação de uma medida provisória que beneficiava a petroquímica Braskem, sociedade da Odebrecht com a Petrobras. Confirmou o encontro com Temer
Marcelo “Odebrecht” diz: doei R$ 150 milhões à campanha de Dilma

Marcelo “Odebrecht” diz: doei R$ 150 milhões à campanha de Dilma

Manchete, Política
O empresário Marcelo Odebrecht diz ter doado R$ 150 milhões à chapa Dilma-Temer na eleição de 2014 como caixa dois. Parte desse valor foi contrapartida pela aprovação da medida provisória do Refis, que beneficiou o grupo. O ex-presidente da Odebrecht não precisou, porém, quanto do total repassado à campanha era propina. As declarações foram feitas  em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (1º), na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. Veja os principais pontos do depoimento: - Empresário diz ter pago R$ 150 milhões em caixa 2 à chapa Dilma-Temer em 2014 - Parte do valor foi pago no exterior ao marqueteiro do PT, João Santana, com conhecimento de Dilma - R$ 50 milhões foram contrapartida por uma medida provisória de 2009 que beneficiou o grupo,
Ideologia de Gêneros, um desserviço ao cidadão.

Ideologia de Gêneros, um desserviço ao cidadão.

Manchete, Política
Já dizia o poeta e músico Luiz Gonzaga; Que diferença da mulher pro homem tem? Segundo esta ideologia, os papéis entre homens e mulheres, dentro do contexto do matrimônio e da família, devem ser substituídos por relações sexuais física e psicologicamente versáteis e que não obedecem uma ordem da natureza e dignidade que lhes é própria. Segundo essa teoria ideológica os dois sexos – masculino e feminino – são considerados construções culturais e sociais, de modo que, embora existindo um sexo biológico, cada pessoa tem o direito de escolher o seu sexo social (gênero). Seus adeptos querem ensinar às crianças que elas, socialmente falando, não são homens ou mulheres, mas podem escolher qualquer opção sexual que quiserem. Para os seus defensores, quando a criança nasce ela não deve se