Inline
sexta-feira, setembro 20#SoumaisoPolêmico

Corinthians se prepara para abertura da janela internacional; veja quem pode sair

O Corinthians espera a abertura da janela de transferências para definir qual será a postura diante de eventuais propostas por seus atletas. Há a possibilidade de venda de pelo menos um jogador. Porém, a diretoria do Timão assegura ainda não ter recebido ofertas.

A possível venda de jogadores serviria para dar respiro aos cofres do clube. Mesmo “sem problema de dinheiro” o Corinthians se planeja para vender um ou dois jogadores, como afirmou o diretor financeiro Matias Romano Ávila ao Globoesporte.com no começo do mês passado. O orçamento alvinegro para esta temporada prevê arrecadação de R$ 50 milhões com transferência de atletas.

Há um entendimento de que a janela do meio do ano, que abre em junho e julho, dependendo do país, é a mais interessante e pode render ao clube negócios melhores.

Alguns jogadores estão em evidência, como Pedrinho, de 21 anos, com contrato até dezembro de 2020, e Mateus Vital, da mesma idade, com vínculo até o fim de 2021. Mas as situações são diferentes.

Enquanto o estafe de Vital mantém discrição, o de Pedrinho assegura ter recebido inúmeras sondagens. Clayson, de 24, e titular absoluto da equipe, é outro na mira de times de fora do país. Seu contrato também vai até o fim de 2021.

Veja abaixo quem pode sair:

Pedrinho

Atualmente com a seleção olímpica para a disputa do Torneio de Toullon, na França, Pedrinho tem sido titular e cresceu de produção do começo do ano para cá. Seu estafe assegura que há “bastante contato” com times de fora e tem a intenção de negociá-lo, sem pressa, com algum clube relevante no cenário internacional.

Embora ainda não tenha recebido ofertas pelo jogador, o Corinthians vislumbra em Pedrinho uma boa possibilidade de venda para a Europa. Não há pressa para definir a situação do jogador, que ganhou ainda mais espaço com o técnico Fábio Carille nos últimos jogos e é importante para o plantel.

Pedrinho com a camisa do Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Pedrinho com a camisa do Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Mateus Vital

Assim como Pedrinho, Mateus Vital foi liberado para se apresentar à Seleção não só para ganhar experiência, mas também para se valorizar, já pensando em uma eventual venda. O estafe do jogador está na França para acompanhá-lo na disputa do torneio. Na última quarta, anotou um dos gols da vitória do Brasil sobre o time da casa, por 4 a 0.

Ao contrário do amigo e companheiro de clube, Vital ainda não foi sondado. Mas, aos 21 anos e frequentemente usado por Carille, é visto como jogador com potencial para uma eventual negociação.

 Mateus Vital, meia do Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Mateus Vital, meia do Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Clayson

Aos 24 anos, Clayson vive situação parecida com a de Pedrinho. Seu estafe admite ter recebido sondagens de clubes de fora do país. Há o interesse do mercado asiático no atleta, mas, por enquanto, nenhuma das conversas avançou a ponto de se transformar em proposta.

O jogador, que quase trocou o Timão pelo Atlético-MG no começo do ano, ganhou a concorrência de Everaldo no elenco. Os dois gostam de atuar pela ponta esquerda. Recém-chegado do Fluminense, o atacante ainda não estreou, mas deve brigar por posição no segundo semestre, já que sua contratação foi aprovada por Carille.

Clayson pode ser um jogador a deixar o Timão — Foto: Marcos Ribolli

Clayson pode ser um jogador a deixar o Timão — Foto: Marcos Ribolli

Outras possibilidades

O Corinthians gostaria de ter dado visibilidade ao zagueiro Léo Santos, de 20 anos, no Fluminense neste primeiro semestre e, assim, aumentado a chance de negociá-lo nesta janela.

O problema é que o defensor sofreu uma lesão séria no joelho direito, passou por cirurgia e está se recuperando em São Paulo. Apresentado pelo Flu em fevereiro, deve retornar ao time carioca quando estiver recuperado e terminar 2019 no Rio de Janeiro.

O chileno Ángelo Araos, com apenas três jogos disputados na temporada, é o outro que pode ser negociado pelo Timão com a abertura da janela. Ao contrário de Pedrinho e Clayson, há a chance de Araos ser emprestado para ganhar rodagem e, quem sabe, ainda retornar ao Parque São Jorge. Seu contrato vai até junho de 2023.

Outro que tem chance de ser emprestado é Renê Júnior, mas o volante deseja prosseguir no Timão. Ele não atua há quase um ano por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *