quarta-feira, dezembro 12#SoumaisoPolêmico

Talmo Almeida – Polêmica é aqui!

Público é público, e vice-versa

Eu fui o primeiro a avisar que o LACEN estava sem funcionar por causa de um transformador de energia, primeiro. Fui as redes sociais e denunciei, cadê? Ninguém quis se pronunciar e manifestar, agora, fui com base, com legitimidade, fui até a fonte. Ninguém quis ir comigo a COELBA. Tem muita gene que quer aparecer, para ser candidato, sem estrutura cultural, sem estrutura de conhecimento algum, apenas por que é “gente boa” por que bate o baba de fim de semana, por que é assistencialista,, por que toma umas cervejas no feriado. Quem tem que melhorar o cenário e o quadro político somos nós! Mas o voto continua sendo por questão animalesca de afinidade, e não por questão pensante de qualidade. Fica a dica!
Tem um monte de gente, que faz assistencialismo interessado nestas épocas.. Assistencialismo não é minha praia, claro que deve existir, mas quem dera fosse a política menos trabalhada em nossa cidade, Estado e País. Quem dera, os assistencialistas fossem como homens de bom coração, que lutam para ajudar, mas para ajudar a sociedade e não apenas seus interesses escusos ” eleição” De ada 10 somente 11 tem interesse, claro, tirando alguns casos. ( Maria Luiza Dalorto, Angélica Lar dos idosos) Alguns nomes que sei que faz pela causa assistencialista. (Regras dentro da exceção) Evidente, sem exceção, não existe regra!
Precisamos de vereadores que façam a diferença pela técnica, que não fiquem sujeitos ao executivo, que sejam parceiros do executivo e do povo. vereadores, que saibam alcançar o setor privado, que saiba transitar em Salvador (nosso caso: Teixeira), que andem nos corredores de Brasília. Que tenham pessoas técnicas criativas, proativas, Pois um bom projetista, traria muitos benefícios a Teixeira. Homens que não sejam submissos ao prefeito, nem muito menos oposição (carrasco) a administração, a política caminha por novos destinos e planos.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *