Inline
domingo, dezembro 16#SoumaisoPolêmico

Novos ares: jogadores em baixa que podem ser negociados para 2019

Com a temporada na reta final, o L! fez uma lista com jogadores que vêm sendo pouco aproveitados ou não contam com a paciência da torcida e podem mudar de clube
(Foto: Gilvan Souza / Flamengo Joca Duarte / Photopress e Luis Moura / WPP)
Com os campeonatos nacionais e continentais entrando na reta final, os clubes brasileiros começam a olhar para a próxima temporada. Buscando possíveis mudanças nos elencos, as comissões técnicas e os dirigentes já se reúnem para avaliar aqueles jogadores que vêm correspondendo e outros que não atenderam a expectativa e tiraram a paciência das torcidas. Mas o que pode não ser bom para um pode cair muito bem em outra camisa, não é? A Lei do Ex que o diga. Confira a lista com alguns jogadores que não passam por uma boa fase e podem buscar novos ares na próxima temporada!
(Foto: Gilvan Souza / Flamengo)
Em sua segunda temporada com a camisa do Flamengo, o volante Rômulo ainda não apresentou o mesmo futebol que o levou a Seleção Brasileira. Contratado em 2017 vindo do Spartak Moscou após algumas lesões, Rômulo disputou 26 jogos naquele ano, marcando um gol. Nesta temporada, não esteve nem no banco de reservas durante algumas oportunidades. Totaliza 10 jogos até o momento. Teve o nome especulado no Internacional no meio da temporada. Aos 28 anos, o jogador tem contrato com o Flamengo até o fim de 2020.
(Foto: Paulo Fernandes / Vasco)
Com a chegada do compatriota Maxi López, o argentino Andrés Rios deixou de ser a principal referência no ataque vascaíno. Sendo utilizado como segundo atacante no esquema de Alberto Valentim, Rios vem oscilando bastante, o que irrita boa parte da torcida cruz-maltina. Com contrato até o fim deste ano, o jogador de 29 anos dificilmente terá o vínculo renovado. Disputou 47 jogos nesta temporada, marcando 11 gols e contribuindo com 4 assistências.
(Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br)
O meia Caio Monteiro, de 21 anos, ainda é tratado como uma joia dentro do Vasco da Gama. Porém, suas atuações dentro de campo e o comportamento fora dele têm irritado a torcida, o que pode fazer com que o jogador seja negociado, até mesmo para ganhar mais minutos em campo. Atua desde 2016 entre os profissionais, tendo feito 18 jogos e marcado um gol nesta temporada. Tem contrato até 2021 com o Vasco.
(Foto: Divulgação/Fluminense)
Após boa passagem pelo Avaí em 2017, Júnior Dutra foi contratado pelo Corinthians como alternativa para substituir Jô, vendido ao futebol japonês. Acabou sendo pouco utilizado e não aproveitando as oportunidades, o que fez com que fosse emprestado ao Fluminense. Também não vem agradando no tricolor e não vem tendo oportunidades nos últimos jogos que o clube disputou. Aos 30 anos, o jogador deve retornar ao Corinthians no fim deste ano, com a possibilidade de uma nova saída. Soma 6 jogos pelo Flu e nenhum gol marcado.
(Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C)
O goleiro uruguaio Guilhermo De Amores chegou ao Fluminense com grandes chances de ser o titular do time nesta temporada. Porém sofreu com lesões e até o momento ainda não fez sua estreia pelo clube. Com o empréstimo válido até o fim deste ano, De Amores, de 23 anos, que tem passagens pelas seleções de base do Uruguai, pode não renovar com o tricolor, já que Julio Cesar vem se destacando e o reserva Rodolfo aproveitou as chances que teve.
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Um dos principais jogadores do Botafogo na Libertadores do ano passado, Rodrigo Pimpão não vem tendo o mesmo sucesso este ano. Atualmente na reserva do Glorioso, o jogador de 30 anos tem sido vaiado pela torcida em algumas partidas, fator que pode fazer a diretoria negociá-lo após a temporada. Com contrato até o fim do ano que vem, Pimpão disputou 43 jogos e fez 5 gols, dando 1 assistência.
(Foto: Divulgação Twitter)
O meia Dudu Cearense quase não jogou pelo Botafogo nesta temporada. Aos 35 anos, o jogador vem perdendo espaço para atletas da base do Glorioso. Tem contrato com o clube até o fim do ano e não há movimentação até o momento para uma renovação do vínculo.
(Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Após chegar como grande reforço ao Palmeiras para a temporada 2017, Alejandro Guerra vem sofrendo com inúmeras lesões que tem impedido o meia de atuar. Este ano, o jogador disputou poucas partidas e chegou a ser especulado como moeda de troca do Palmeiras para acertar com o meia Gustavo Scarpa. Com contrato até 2020, o jogador de 33 anos poderá buscar outra equipe para atuar com maior regularidade, tendo em vista que o Alviverde possui inúmeras opções para o setor de meio campo.
(Foto: Marco Galvão/Fotoarena)
Com contrato de empréstimo ao Corinthians terminando em dezembro deste ano, o atacante Roger é outro jogador que deve mudar de clube na próxima temporada. No Timão, Roger não conseguiu ser a referência buscada pelos treinadores, fazendo poucos gols e desagradando aos torcedores. Entre Internacional (clube ao qual pertence) e Corinthians, o atacante de 33 anos disputou 30 jogos e fez 6 gols.
(Foto: Mauricio Rummens/Fotoarena)
Sidão é um caso à parte nesta lista. Mesmo sendo titular do São Paulo, o goleiro não tem muita simpatia da torcida. Além disso, falhou em alguns lances decisivos no Brasileirão, o que pode custar a perda do título e afetar diretamente no futuro do goleiro no Morumbi. Sidão tem 35 anos e vínculo com o São Paulo até o fim deste ano.
(Foto: Ivan Storti)
O atacante Copete, do Santos, já viveu melhores momentos com a camisa santista. Aos 30 anos, o jogador perdeu a titularidade nesta temporada e não vem aproveitando as oportunidades. Com contrato até 2021, o jogador pode ser utilizado como moeda de troca em possíveis negociações ou mesmo ser vendido para amenizar a dificuldade financeira do clube. Fez 26 jogos este ano e não marcou gol.
(Foto: Divulgação/Atlético-MG)
Mesmo sendo o artilheiro do Atlético-MG no Brasileirão e tendo renovado o contrato recentemente, Ricardo Oliveira vem sendo contestado no Galo. Após a saída do atacante Roger Guedes para o futebol chinês, o ‘Pastor’ teve uma queda brusca de rendimento. O fim da temporada pode trazer novidades quanto ao destino do atacante. Aos 38 anos, Ricardo Oliveira disputou 46 jogos nesta temporada, marcando 16 gols e dando 5 assistências.
(Foto: Divulgação)
Contratação recente do Cruzeiro, o atacante Hernán Barcos pode ser negociado já no final do ano. Com vínculo até o meio do ano que vem, o ‘Pirata’ vem sofrendo muitas críticas pela falta de gols e pelas chances desperdiçadas. Com a volta de Sassá e a concorrência de Raniel, o jogador de 34 anos tem futuro incerto na Raposa. Até o momento, Barcos disputou 15 jogos, com 3 gols marcados e uma assistência.
(Foto: Lucas Uebel/Divulgação)
Contratado no início do ano por 2,5 milhões de euros, o atacante André ainda não justificou o investimento. O jogador tem revezado no ataque com Jael, sendo o ‘Cruel’ utilizado mais vezes e também sendo mais eficiente. O jovem atacante Tony Anderson também vem ganhando espaço, o que pode fazer com que o Grêmio busque recuperar uma parcela do investimento já ao final desta temporada. Aos 27 anos, André soma 24 jogos com a camisa tricolor, com 4 gols marcados.
(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Contratado com certa expectativa pelo Internacional, o atacante Wellington Silva vem sendo pouco aproveitado pelo clube. No Colorado, o jogador disputou somente 9 jogos, sendo titular em apenas 1. Com contrato de empréstimo até o fim deste ano, é pouco provável que permaneça no Beira-Rio. Caso retorne ao Fluminense, pode ser negociado novamente devido à situação financeira delicada pela qual passa o clube das Laranjeiras.
Fonte: Lance.com.br

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *