Inline
sexta-feira, novembro 22#SoumaisoPolêmico

Rival ao lado: Corinthians e Deportivo Lara treinam a poucos metros de distância

Uma cena curiosa movimentou a tarde do Corinthians nesta segunda-feira. Timão empresta o CT da base para a primeira atividade dos venezuelanos

Uma hora depois de o Timão iniciar o seu treinamento num dos campos do CT Joaquim Grava, os jogadores do Deportivo Lara, da Venezuela, adversário do Timão na quarta-feira pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, iniciaram o treino no CT da base, a poucos metros dali.

Por cortesia, o Corinthians cedeu os campos da base para que os venezuelanos pudessem fazer seu primeiro treino no Brasil. O objetivo da diretoria foi afinar o relacionamento com o clube, já pensando nas dificuldades que pode enfrentar na volta, em Barquisimeto, no estado de Lara, em duelo marcado para o dia 17 de maio.

Durante o treino do Timão, em alguns momentos foi possível escutar gritos de incentivo dos jogadores venezuelanos, que estavam separados dos corintianos por um campo e um muro.

Deportivo Lara treina no CT da base do Corinthians (Foto: Bruno Cassucci)

Deportivo Lara treina no CT da base do Corinthians (Foto: Bruno Cassucci)

No lado brasileiro, o técnico Fábio Carille levou a campo os jogadores que não foram titulares na vitória por 2 a 0 contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Poupados, Jadson, Balbuena e Rodriguinho participaram do treino, assim como Clayson, que cumpriu suspensão.

Outro que ficou fora por cartões foi Fagner. Convocado por Tite para a seleção brasileira, o lateral-direito fez um treino técnico específico junto ao auxiliar Fabinho, com toques e chutes para gol.

– Estamos separados por um muro. Amanhã, quando nos passarem as informações do time deles, vamos ter uma real dimensão. Não é time bobo, ganhou do Independiente. Temos que fazer um grande jogo, um jogo seguro, para aproveitar o fator campo – afirmou Fagner.

O Timão volta aos trabalhos na terça-feira à tarde, no CT Joaquim Grava. Já o Deportivo Lara treina às 19h (de Brasília) na Arena Corinthians, em trabalho de reconhecimento de campo.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *