terça-feira, fevereiro 19#SoumaisoPolêmico

TJBA mantém absolvição de agricultor acusado de estuprar a própria filha em Alcobaça

Teixeira de Freitas: O agricultor Sélio Coelho de Figueredo, que já havia sido absolvido pela Vara Criminal de Alcobaça/BA, da acusação de ter estuprado a sua própria filha, menor de idade, teve sua inocência mantida pelo TJBA. No julgamento da Apelação Criminal nº. 0000155-85.2014.805.0005, ocorrido no dia 31.01.2018, o TJBA referendou a sentença que já o havia absolvido e entendeu investirem mínimas provas de sua culpa.

Em suma, significa dizer que não restou comprovada a existência do estupro contra a menor, ou seja, a Justiça entendeu em duas instâncias que o agricultor Sélio é inocente. Conversamos com o advogado, o Criminalista Dr. Alexsandro Gonçalves de Jesus Santiago, e este disse que novamente a Justiça foi feita.

“Isso só confirmou aquilo que sempre defendemos, que não houve qualquer violência sexual contra a menor, sendo a acusação fruto da maldade de pessoas que buscaram com o episódio, atingir objetivos contrários ao direito. Infelizmente, mesmo com a dupla absolvição, meu cliente passou por vários constrangimentos, foi preso duas vezes, correu risco de vida no presídio, ficou mais de 04 anos privado do convívio de sua filha e teve seu nome manchado por uma acusação tão deplorável”, explicou.

Já o Sr. Sélio disse: “Estou engajado em recuperar o convívio e os laços de afetividade com minha filha, recuperar minha imagem perante a sociedade e fazer com que os responsáveis por essa falsa acusação paguem perante a Justiça pelos seus atos errados”.

“Como já havia afirmado em matérias anteriores, a acusação de estupro é muito grave, traz consigo muitas consequências e denigre a imagem do acusado, mesmo quando posteriormente o acusado é absolvido”, concluiu o advogado Dr. Alex Gonçalves.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *