Inline
quarta-feira, dezembro 12#SoumaisoPolêmico

Três procurados na Operação Teixeira Livre são presos pela 89ª CIPM de Mucuri

Mucuri: Policiais Militares do 1° Pelotão da 89ª CIPM de Mucuri, guarnição responsável pela “Ronda Rural” nos distritos e comunidades do referido município, estavam em patrulhamento no Distrito de Coroa Vermelha, no final da tarde desta sexta-feira (20), quando avistaram um jovem, em atitude suspeita, que ao fazer abordagem no mesmo, ele foi reconhecido como, Tayrone Silva Gomes, 20 anos de idade, sendo um dos foragidos que estaria com mandado de prisão em aberto, desde a operação “Teixeira Livre”, que aconteceu no último dia 12 (quinta-feira), quando foram expedidos 40 mandados de prisão e busca apreensão na cidade de Teixeira de Freitas, aos componentes dos três maiores grupos rivais do tráfico de drogas da cidade.

Ao ser questionado sobre em qual residência ele estaria ficando, ele apontou um imóvel próximo. Os militares deram continuidade à abordagem, quando encontraram outras duas pessoas, que também estariam foragidas, tratando de Maria Bernarda da Silva Gomes, 49 anos e sua filha Géssica Gomes de Souza, 27 anos, sendo esta a esposa de um dos líderes de um dos grupos que comanda o tráfico de drogas em Teixeira de Freitas, Roberto Ribeiro dos Santos, Vulgo “Beto Carroceiro” no qual teria determinado vários homicídios, mesmo estando preso no Presídio de Segurança Máxima, em “Serrinha/BA”, através de bilhetes que eram transportados pela Géssica.

Na casa, ainda havia uma quarta pessoa, que também foi conduzida para averiguação na sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde todos se encontram presos. Segundo os delegados que presidem os inquéritos, os conduzidos são participantes do referido grupo de traficantes de drogas e homicidas  na referida cidade, sendo eles de alta periculosidade, pois, trata-se de pessoas que já têm passagem por tráfico, além de terem ligação direta com o chefão do grupo “Beto Carroceiro”.

Com essas três prisões, sobe para 21 o número de pessoas que se encontram presos, restando 15 da totalidade de 36 mandados de prisão expedidos na Operação “Teixeira Livre”. A Coordenadora da 8ª COORPIN, a delegada, Valéria Chaves, juntamente com os delegados do Núcleo de Homicídio e Tráfico de Drogas – NHT, Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, falou à nossa reportagem novamente, que, o melhor que os demais foragidos têm a fazer, é se entregar, pois há uma parceria entre as forças policiais da região, bem como a de outros Estados, onde já foram apontados que possivelmente alguns dos foragidos possam estar. Todos estão trabalhando de forma integrada para prender desarticular essas facções e prender seus integrantes.

Por: LN

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *