sábado, abril 20#SoumaisoPolêmico

Vídeo: Terremoto em Guaratinga pode ter sido de 2,5 graus de magnitude, conforme USP

Guaratinga: Tremores de terra, por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (28), deixaram assustados moradores de Guaratinga. Com medo, as comunidades das zonas urbana e rural saíram às presas de casas, comércios e prédios públicos e foram para o meio das ruas. Houve muito tumulto e corre-corre. Áudios e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram centenas assustadas, temendo voltar para dentro de casa.

Segundo informações já disponíveis na página do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), pode ter ocorrido um terremoto de magnitude de 2,5 graus na Escala Richter. No entanto, o próprio serviço diz que a informação precisa ser revisada por diferentes instituições, pois pode conter erros significativos. O servidor público municipal Jota Teixeira afirmou que os tremores foram precedidos de um forte estrondo. Um professor postou, nas redes sociais, a foto de uma rachadura em sua casa.

“Tremor de terra, agora, em Guaratinga”, é que se ouvia em dezenas de mensagem de áudio compartilhadas pelo aplicativo WhatsApp. “Minhas pernas balançaram, como se houvesse uma explosão no subsolo”, afirmou um comerciante. Os tremores também foram sentidos na zona rural e distritos como Monte Alegre, São João do Sul e Cajuíta. A prefeitura ainda não informou se houve algum desabamento ou se alguma pessoa ficou ferida.

Outra suspeita é que os tremores podem ser resultado de atividades clandestinas de mineração na região. Um empresário do setor ouvido pela reportagem suspeita que mineiros possam ter usado uma elevada carga de explosivos em pedreiras. Uma das principais atividades econômicas do município é a extração de mármore e granito.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *